domingo, 25 de agosto de 2013

Resenha [#4] : Teorema Katherine, de John Green


       Livro: O Teorema Katherine

       Título original: An Abundance of Katherines

       Autor: John Green

       Editora: Intrínseca

       ISBN: 9788580573152

       Ano: 2013

       Páginas: 304

       Skoob: aqui
 
Sinopse : Após o mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam
 
            O livro começa com Colin Singlenton acordando no dia seguinte de sua formatura. O dia em que foi dispensado pela K-19. E eu estava ficando irritada com a quantidade de vezes que lia a palavra "gênio" ou "prodígio". Ele era um prodígio, mas não queria ser apenas um prodígio, queria ser um gênio. E para isso estava tentando fazer uma fórmula a qual fazia a curva do fim dos relacionamentos. O Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines.

           Ele estava numa terrível depressão depois do fim do namoro e seu amigo, Hassan decidiu que deveriam sair da cidade, fazer uma viagem sem rumo. Quando chegaram a Gutshot, Tennesse decidiram visitar o "Local do Descanso Eterno do Arquiduque Francisco Ferdinando"
            Eles conheceram Lindsey Lee Wells. Que namorava um menino. Colin, ou, OOC (o outro Colin). Hollis, mãe de Lindsey os convida para jantar, e no jantar, os chama para trabalharem para ela.
            Passei a me irritar menos com Colin depois de saber o fim de seu primeiro relacionamento. Cheguei até sentir dó dele :c
             Lindsey também descobre que sua mãe está para vender parte de suas terras, o que a deixa intrigada e com vontade de descobrir o porque.
            OOC chama Hassan e Colin para caçar javalis, Colin aceita por Hassan. E no dia, Colin vê uma cena e fica sem saber o que fazer, mas mesmo sendo ameaçado, ele conta o que vê.
            A partir daí não sei se li curiosa pelo Colin ou pelas terras a serem vendidas.
            No final tem um apêndice explicando melhor o teorema. Gostei muito de ter a chance de entender melhor as contas e o raciocínio de Colin.
            E o que Colin aprende com tudo isso, é que o futuro é imprevisível. E com isso me senti um gênio, porque o tão falado prodígio descobre algo que eu já sabia haha. E também porque a K-1 passa um código para ele, que depois que você entende o que quer dizer, você tem que traduzir do francês, e eu que mal sei dizer "bon jour" decifrei o código lendo apenas uma vez \o
                 Depois que a história deixa de girar apenas ao redor de Colin, e começa a abordar muitas outras coisas, passei a me interessar mais, pois no começo Colin parecia aquele "amigo" distante, que está depressivo por ter sido deixado. E como é um amigo distante, você não sabe como ajudar e ouvir o que ele tem a dizer começa a ser chato e cansativo. Mas isso dura apenas alguns capítulos, logo ele viaja com Hassan.
              É o tipo de  livro que me deixou muitas brechas para "interagir" com os personagens.
             Eu acho que o modo como o livro termina, há uma brecha para continuação, eu pelo menos fiquei imaginando o que aconteceria, mas não sei quais são os planos de Green, se a intenção era mesmo que você imaginasse o que vem depois.
Espero que tenham gostado, um grande beijo, Rapha ;*
 

28 comentários:

  1. Muito boaa escolha, sinopse surpreendente, deixa você querendo ler o livro para saber qual será o desfecho da história, ueheuh e ao mesmo tempo é uma coisa meio "louca" né, os livros de hoje em dia estão saindo do ritmo cada um criando sua própria formula, misturando de tudo e isso é mais que perfeito, é incrível! Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Oi Raphaella, antes do comentário que desabafar... ainda não consigo seguir você. snif.
    Vamos lá, sabe que este autor sempre me chama a atenção quando começo minhas compras de livros, aí leio uma resenha de um livro dele, leio outra resenha de outro livro e chego a conclusão que é uma história triste e, euzinha, não gosto de histórias tristes hahaha, acho que se quiser ficar triste tenho várias possibilidade no aqui e agora, olhando a vida das pessoas e circunstâncias diversas na sociedade, esta sou eu. ok. hahaha

    Porém lendo a resenha que vocês fez acabei me animando um pouquinho, estou pensando em investir na leitura do livro por sua resenha.

    Bjs formulados!
    Tânia Bueno
    http://facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa :c NÃO DESISTA DE TENTAR ME SEGUIR ! HAHA
      Quanto ao livro, não achei esse tão triste como os outros.
      Boa leitura!
      Bjs, Rapha

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Eu AMO John Green, todos os livros que li dele estão nos meus favoritos, mas ainda não li esse. Gostaria de dar uma opinião, espero que não me leve a mal, e saiba que é apenas um toque.
    Quando vou ler uma resenha, o que mais gosto é saber a opinião de quem escreveu a resenha. Saber o que achou, o que gostou, o que não gostou, os pontos que deram certo, as características que marcaram o livro. E nessa resenha, pelo menos, você falou mais da história do que deu a sua opinião.
    Respeito se esse foi o jeito que você gosta de escrever a resenha, mas acho que você poderia, talvez, colocar mais um pouco disso que eu falei, um pouco mais da sua opinião. Esteja um pouco mais presente na resenha.
    É apenas uma opinião minha, espero que não leve a mal!
    Beeeeijos e boas leituras.

    ResponderExcluir
  4. Oi flor, tudo bom?
    Eu estou louca para ler esse livro, o Green é um autor e tanto, e esse ai parece ser bem diferente e divertido. Fora que a temática é bem diferente, e o Colin deve ser o protagonista muito legal *-*

    Beijos,
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim ! Completamente diferente dos outros !
      Espero que goste da leitura ! Bjs, Rapha

      Excluir
  5. Já ouvi tantas opiniões negativas sobre esse livro e tão poucas positivas, que confesso que fiquei meio desestimulada a ler. Mas quem sabe no futuro eu dê uma chance à ele, quem sabe né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é bom dar uma chance a ele e tirar sua própria opinião.
      Boa leitura.
      Bjs, Rapha

      Excluir
  6. Eu estou super ansioso para ler este livro, desde que li "A Culpa é das Estrelas" e "Quem é Você Alasca?" fiquei apaixonado pela escrita do John Green, ele tem um jeito original de escrever. Sempre aquela narrativa fácil e boa. Só espero que este livro não me decepcione.

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jonathan. Realmente a culpa e alasca são livros incríveis ! Ainda não li alasca, mas ja me contaram o qur acontece então acho que esses dois titulos tem um pouco em comum. Já o teorema é BEM diferente desses ! Mas vale a pena você ler e conferir o que acha ;)
      Bjs, Rapha

      Excluir
  7. Adoro "interagir" com as personagens, já gostei!! =) Nunca tinha visto alguém falar que o livro dava brecha para uma continuação... e nunca vi o John Green escrevendo uma continuação, rs, espero que não seja o caso, sinto falta da existência dos livros únicos com tantas séries nascendo!! hahaha...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju ! Pelo menos essa foi a impressão que eu tive ! Realmente muitas séries nascendo e estou quase louca por não poder comprar todas haha ! Espero que goste !
      Bjs, Rapha ;*

      Excluir
  8. Será que terá uma continuação? Nunca vi o John escrevendo uma série! Seria bem legal!
    Gosto de interagir com os personagens! Esse livro é na minha lista simplesmente por ser do John! Amo o autor e me apaixonei com a Culpa é das estrelas, demorei para ler e quando li descobri o porque desse livro ser tãooo bem falado!
    Adorei a resenha!
    Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já viu a minha resenha de a culpa é das estrelas ?
      Acho que não vai ter continuação, não acho que é costume do Green escrever livros em série.
      Obrigada e volte sempre !
      Bjs, Rapha

      Excluir
  9. Olá querida!
    Eu adoro no John Green, o cara escreve muito. Fiquei feliz em saber que a gente interage com os personagens, acho isso bem bacana!
    Esse livro ainda não tenho, mas espero em breve poder comprar!
    Parabéns pela super resenha!
    Beijinhos
    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada !
      Espero que consiga ler logo !
      Bjs, Rapha

      Excluir
  10. Oi, eu ouvi somente elogios deste autor, já li Will e Will e gostei bastante, o autor possui uma escrita cativante, gosto bastante dele, eu já tenho este livro aqui em casa e quero ler ainda este ano, Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *0* sou louca para ler will e will !
      Espero que consiga ler ! bjs, Rapha

      Excluir
  11. Oi Rhafaella,
    tudo bem?
    Esse livro parece ser mais leve, pois a culpa é das estrelas é muito triste. O personagem parece ter tido uma desilusão e a partir dela montou o teorema, que você não deu nenhuma dica só para ficarmos com vontade de ler(risos...).
    Achei legal ter abordado a questão das terras, parece ser o mistério da história.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente falar sobre as terras ia acabar saindo spoiler. Mas o livro passa ser bem mais interessante por isso !
      Ele é mais leve sim e mais divertido quando Collin não está fazendo Collinsses haha
      Que bom que ficou com vontade de ler !
      Espero que goste da leitura. bjs, Rapha

      Excluir
  12. Pelo que conheço do John, ele deixa o final em aberto mesmo, para que cada um monte seu próprio final, perfeito ou não. Ele fez isso com A Culpa é das Estrelas. Já li também Will & Will, e com certeza não me convenceu. Tenho medo de me decepcionar nos demais também, mas quero tanto ler Cidades de Papel que vou dar uma segurada na ansiedade e lê-lo!

    Beijo,
    Pamela

    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Green faz isso. Quero muito ler will e will. Espero que a leitura te agrade.
      bjs, Rapha

      Excluir
  13. Olá, Rapha! Não sei se o comentário anterior foi, deu um bug geral aqui. Rsrs
    Então, refazendo meu comentário: Sou tão apaixonado pela escrita do autor que leria até a lista de supermercado dele! Rsrs O Teorema de Katherine me interessa muito, mas acho que nunca será como ACEDE do mesmo autor.
    Gostei da resenha, mas como a Fran disse, faltou um pouco da sua opinião. Sei que podes fazer melhor! <3
    Beijo
    Gabriel - Blog Corações de Neve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada é como acede gabriel ! E atea lista do supermercado dele deve ser de fazer rir chorar e querer mais haha
      Também acredito no meu potencial ;)
      Obrigada pela sincera opinião.

      Excluir
  14. Oi Raphaella.
    Esse livro não tem uma ideia que me atrai, não gostei da ideia do teorema, só li ACEDE do John Green, gostei muito, mas não me tornei fã incondicional do autor, portanto eu não daria uma chance a leitura....radical minha decisão né rsrsrs.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha com certeza !
      Mas se não faz seu gênero, acho que não vale a pena tentar e se decepcionar.
      O que você gosta de ler ? Bjs, Rapha

      Excluir

Obrigada pelo recadinho ! Assim que ler eu respondo, beijinhos ;*